terça-feira, 7 de agosto de 2018

THE GARD (Prog/Heavy Metal - Campinas/SP)



Início de atividades: 2010

Discos lançados: Madhouse

Formação  atual: 

Beck Norder - Vocais, baixo
Allan Oliveira - Guitarras
Lucas - Bateria

Cidade/Estado: Campinas/SP



MG: Como a banda começou?O que os incentivou a formarem uma banda?

Allan Oliveira: A THE GARD já existia com algumas formações diferentes antes dessa que lançou o álbum e está junta desde 2010. A ideia era nos expressar através do Rock, que é o estilo que nos une. Sempre quisemos compor nossa própria música e fazer nossa arte. E, então, acabamos nos encontrando em um bar em Indaiatuba e conversando sobre este anseio.


MG: Quais as maiores dificuldades que estão enfrentando no cenário?

Allan: Encontrar espaços adequados para apresentarmos nosso show, isto é, com equipamentos de som bons, um bom espaço para receber o público, que pague dignamente os músicos (proporcional ao público), que coloque atrações autorais em dias “bons” (sexta-feira, sábado e quinta-feira) e em horários bons (20h – 00h).


MG: Como estão as condições em sua cidade em termos de Metal/Rock? Conseguem tocar com regularidade? A estrutura é boa?


Allan: Infelizmente a maior parte dos bares e casas de show só querem contratar bandas cover. As bandas de música autoral aparecem em dias em que já não há movimento (domingos a tarde, quarta-feira), sem falar que o cachê, quando tem, não paga nem o transporte dos músicos.


MG: Hoje em dia, muitos gostam de declarar o fim do Metal, já que grandes nomes estão partindo, e outros parando. Mas e vocês, que são uma banda, como encaram esse tipo de comentário?

Allan: Na década de 60, quando os Beatles começaram a tocar, falava-se que a era da música com guitarras, o rock, estava para acabar. Depois de quase 60 anos, o rock ainda é um estilo musical revelador e que atrai muitos fãs. Os tempos são outros, e a maneira de consumir essa música também mudou ao decorrer do tempo... A música ainda existe, só estamos nos adaptando a isso de ver a primeira geração de roqueiros partirem.


MG: Em termos de Brasil, o que ainda falta para o cenário dar certo? Qual sua opinião?

Allan: Acho que falta mais eventos culturais promovidos gratuitamente para a população. E que esses eventos articulem com artistas locais para que possam se apresentar. Cidades grandes têm grande população, consequentemente mais público, mais bandas, por isso deveriam ter mais eventos.


MG: Deixem sua mensagem final para os leitores.

Allan -Escutem nosso álbum “Madhouse”! Se você é fã de rock, música bem trabalhada e que misture sonoridades de outros estilos musicais, escute “Madhouse”! Se você quer uma prova que o Rock está vivo, com mais pegada e com muita criatividade para mostrar, escute “Madhouse”! Escute “Madhouse”!

Mais Informações:
www.thegardband.com
www.facebook.com/thegardband
www.youtube.com/thegardband
www.soundcloud.com/thegardband
www.instagram.com/thegard_band